Uncategorized

Grind no QG e uma trave doída!

Image

 

Bom pessoal, esse fim de semana teve curso Mensal lá no QG!

Como vocês sabem, no domingo do Curso jogam lá do QG o Akkari, Padilha, Headão e mais algum convidado , já passaram por lá feras como João Simão, Nicolau Villa-Lobos, Bruno Kawauti, Thiago Camilo, Fábio Freitas e muito mais.

Nesse fim de semana, como Padilha e Headão estão na Itália pra jogar o EPT de San Remo, a velha guarda entrou em campo pra substituir os meninos.

A escalação foi: André Akkari, Raul Oliveira, Eu, Xande Rivero, Robigol e Toddasso, média de idade bem mais alta haha, mas QG lotado pro grind de domingo dar muito que aprender pros nossos alunos.

Então comecei minha reta, me inscrevi nos Biggers 109, 55, 11, Sunday Million, Warmup, Sunday 500, 55, uns Hots, enfim, vários torneios

No WarmUp cheguei em late e entrei com uns 30bbs. Na segunda mão que joguei já caí! Depois disso a maré continuou muito ruim, era beat pra tudo quanto é lado e tal, a cada dobrada que meu amigo Xande Rivero dava em um dos torneios que ele tava jogando (ele tava na máquina do meu lado) eu caía de um torneio, era incrível hahaha

Mas tinham algumas telas fluindo ainda, estava bem no Sunday 500. 

Na mesa na minha esquerda estava o WizoWizo, um dos maiores jogadores do mundo, top 5 em qualquer ranking que tem por aí, já comentei muito super high roller, EPT dele na TV, e foi bem legal jogar algumas mãos contra ele. Além de vários outros caras muito bons na mesa.

Fiz algumas jogadas legais, peguei alguns blefes do pessoal e aí acabei caindo em um all in de AK vs AQ pot de 80bbs que ia me deixar mto bem no torneio, mas faz parte.

De qualquer maneira com eliminações no Million, 500, Warmup, Big 109 que eram meus torneios mais caros da reta, comecei a sentir que ia ser um domingo de ferro, mas aí as telas foram diminuindo e eu fui indo e indo e indo no Bigger 11.

O problema é que tinha mto o que ir no Bigger 11 ainda! Quando me registrei nem prestei atenção, mas 24k pessoas se inscreveram e os blinds eram de 12 minutos, então aquele torneio ia demorar mto, se tivesse visto isso nem tinha me registrado haha.

Mas tava lá e era o que tinha sobrado, então vamos focar

Deu umas 22h lá no QG e a maioria das retas já tinha terminado, só tinha sobrado meu Bigger e o Sunday Million do Raul. Lá pras 23h e pouco ele caiu e aí só sobrou meu Bigger, que estava no telão do QG esse tempo todo com todos os alunos e amigos nossos na torcida!

Aí a coisa foi fluindo , fui acertando umas mãos, ganhando outras no braço e fiquei grande em fichas. 

Esse tempo todo fui discutindo todas as mãos com o Xande e posso dizer que nunca joguei poker tão bem na minha vida. Eu sempre joguei bem o posflop por causa da minha base de cash game, mas mesmo com o posflop bem ajustado poucas vezes eu pensei poker tão bem quanto eu estou pensando agora. Por todo tempo que eu passo trabalhando com Poker em todas as áreas (dando aulas, fazendo vídeos, cuidando da qualidade dos vídeos do CT, dando toques no instrutores, montando cursos, montando palestras, comentando na TV) eu percebi que estou de fato pensando poker bem, como deve ser pensado, procurando e criando situações pra explorar jogadas erradas dos adversários, forçando erros, pensando fora da caixa, enfim, com a mentalidade dos grandes jogadores.

Poker hoje é minha vida 7 dias por semana e estou vendo que uma das consequências disso foi me tornar um jogador melhor.

Além disso nesses últimos meses vi muito o jogo e discuti muito poker com o Akkari, Padilha e Headão e aprendi demais com eles, o André é mestre em fazer os oponentes errar e o Padilha em criar situações onde as coisas acontecem a nosso favor. Eu até fazia isso em cash games, mas com stacks mais curtos em MTTs eu não tinha muita idéia de como fazer isso tudo, e hoje eu tenho graças a eles.

Então usei e abusei de tudo que aprendi com eles e quando vi tava com 100bbs na reta final, com 150 left até 10 left.

Nesse tempo aí tava em casa, levei muito jogo pro posflop, tirei valor máximo quando tinha jogo, fiz os blefes mais precisos que dava pra fazer, enfim, acho que realmente joguei o fino.

Infelizmente nem tudo foi como a gente queria, e quando tinham 10 left eu era Chip Leader disparado mas acabei caindo em 9o. Perdi muitas fichas em algumas jogadas normais, ai o blind apertou e quando eu vi eu tava bem short precisando shovar algumas mãos, fiz um shove errado pois estava pensando mais em cravar do que na premiação, ICM e tudo mais e acabei caindo em 9o.

Mas nem fiquei muito triste não, jogar com toda a energia da galera do QG, a torcida do pessoal pelas redes sociais e saber que to jogando o melhor poker da minha vida foi muito legal. E isso me dá muita confiança pra essa reta Live que tá chegando aí. 

2014 tem sido um ano muito bom, com tudo dando certo e tenho certeza que é só o começo, então vamo que vamo que tem muito jogo por aí, nossa parte é fazer as coisas bem, o resto o mundo e o baralho cuidam.

 

Então é isso, já to com o HH do torneio aqui e vou semana que vem comentá-lo pra fazer uma série de vídeos pro CT Superpoker. Vai ficar gigante, foram mais de 700 mãos ao todo e com muito spot que vai ter muito pra falar, já que várias jogadas eram específicas contra alguns jogadores, alguns betsizes para induzir algumas jogadas e muito posflop!

Pra quem não é assinante de vez em quando eu posto aqui uma mão desse torneio e explico meu raciocínio.

Aí fico por aqui que daqui a pouco tem reunião com o Akkari e Piero pra discutir alguns planos nossos e amanhã já é dia de gravar na Band!

Abração!

Curso Mensal e volta aos panos

Image

 

É pessoal, essa semana realmente foi uma semana pra voltar às origens.

Além de gravar lá na Band em um formato bem parecido com o Grinders vou ter a honra de aqui no Curso Mensal de Poker do QG Akkari Team substituir o Padilha e o Headão junto com o monstro Raul Oliveira no Grind de Domingo!

Pra quem não conhece o formato do curso, sexta e sábado o Akkari, eu e o Headão apresentamos o curso de poker, coordenamos exercícios e atividades multimídias e no Domingo os profissionais entram em campo e jogam com as suas telas transmitidas em um telão pros alunos verem que o que ensinamos é exatamente o que eles fazem. Aí geralmente joga o Akkari, Headão , Padilha e mais um convidado especial. 

Dessa vez como o Padilha e o Headão estão lá em San Remo pra jogar o EPT , eu e o Raul Oliveira vamos entrar em campo. Então a média de idade do grind de domingo vai ser a mais alta da história hahaha. Velha Guarda em campo.

Vai valer também como ensaio pra reta live que eu e o Raul vamos engatar junto do resto do time. Me sinto bem preparado pq tenho estudado bastante jogo pré-flop e nuances de torneios e o pós-flop velho de guerra a gente não esquece.

Então vamos lá, daqui a pouco começa o curso e domingo vocês podem me procurar pelas mesas do PS, meu nick lá é bueno09

 

Vamo que vamo!

Volta às origens!

Image

 

E aí pessoal, hoje foi mais um dia de trabalho aqui, mas um onde fiz algumas coisas que não fazia tinha algum tempo.

Pra começar o dia, peguei algumas mãos que telespectadores do Poker Night da Band mandaram pra produção do programa e analisei para um novo quadro que vai ao ar. É um quadro onde nós do CT SuperPoker analisamos mãos. E fiz o quadro inaugural. Além disso peguei algumas mãos interessantes que tinha no computador de alguns dos micros que passarem pelo Akkari Team.

A diferença do meu trabalho normal na Band é que dessa vez eu estava fazendo isso com a câmera na minha cara hehe, então é um pouco diferente de comentar BSOP por exemplo, já que preciso me preocupar com postura, era só eu falando e é uma dinâmica diferente já que tenho mais tempo pra analisar a mão do que tenho normalmente nos torneios em que eu comento e o Vitão narra.

Mas, tenho uma certa experiência nisso. Alguns de vocês sabem, o primeiro trabalho que realizei fora do âmbito de jogador e mais ligado a mídia foi o Programa Grinders na TVPokerPro (acho que começou em 2010/11) onde eu junto com meus grandes amigos Gabriel Goffi, Ivan Santana e Leonardo “Roqueiro” Santos comentávamos hand histories de cash game e passávamos conceitos muito legais. E lá era nesse mesmo formato.

Quem quiser assistir tem um monte de programa no canal da TvPokerPro no Youtube, só seguir o link, conteúdo bem interessante e de graça né!

https://www.youtube.com/results?search_query=grinders+tvpokerpro

Mas não liguem para alguma gaguejada aí, eu tava começando!

Espero que eu tenha ido bem hoje na Band, bizarro como senti que dessa vez foi bem mais fácil, já que hoje tenho uma experiência bem maior em falar em público e tudo mais! Mas pra saber de fato como foi, só vendo na telinha mesmo, então fiquem ligados aí no Poker Night que vai ao ar Sexta-Feira entre 1.30 e 2 da manhã na Band!

 

Grande Abraço galera!

 

 

Parabéns Time Micro

Image

 

É, hoje terminou mais uma edição do Time Micro do Akkari Team.

Fiz uma última reunião com eles, ressaltei a importância do raciocínio no jogo, falei sobre como deve ser o seguimento que eles vão dar em sua carreira, qual a mentalidade certa para que eles sejam profissionais de sucesso e quais os cuidados que eles devem ter com os perigos que existem na nossa profissão.

Foi uma conversa bem longa pq tinha mto o que falar, mas também foi leve, demos risada, falamos besteira. E deixei as portas abertas pra sempre que eles precisarem da gente darem um toque. Essa turma é 10 e merece todo nosso apoio.

Agora eles estão fazendo a avaliação final. Uma série de perguntas para eles mostrarem em palavras como pensam no jogo e pra gente ver o quanto eles evoluíram. 

Ontem foi o último dia de grind e os Hand Histories já estão no meu email para eu avaliar o jogo deles, ver mais sinais de evolução e decidir quem está pronto para se juntar ao Steal Team e seguir na carreira de jogador profissional de Poker.

De qualquer maneira essa turma foi muito muito boa. Um clima fenomenal, galera muito gente boa, povo do bem mesmo, como a gente gosta por aqui. Com essa energia toda tenho certeza que o pessoal vai voar muito alto!

Então é isso, mais tarde volto para SP pq amanhã é mais um daqueles dias mega corridos com gravação na Band, reuniões e aulas!

 

Deixo aqui o vídeo que o Coronel Wilson Bibbo, um dos integrantes do time produziu aqui pra vocês conhecerem melhor o time!

Alex, Rodrigo, Guilherme, Coronel, Yuri, Everton, Edu e Soshiro, vocês estão graduados!

 

 

 

Reta Final dos Micros!

Image

E aí pessoal, esse fim de semana foi um dos raros fim de semana sem trabalho do ano!

Usei sexta, sábado e domingo pra passar um tempo com meus amigos que não tenho conseguido ver direito por causa de toda a rotina de trabalho puxada, encontrei os amigos do poker, enfim, muito bom! Faz uma falta tudo isso.

Aí hoje peguei o carro e vim aqui pro QG em Cabreúva ver o time micro.

Eles ficam até quarta-feira, então estamos terminando o processo que dura 1 mês de transformá-los em profissionais do poker.

Hoje dei uma aula pra eles sobre jogo preflop.

Ai vc pode perguntar, “mas po Bueno, tu é jogador de cash game, como vc vai ensinar jogo preflop pra eles?”

O negócio é que no cash game também tinha jogo preflop hehe, e o foco da aula foi muito mais estrutural e filosófico. Qual a mentalidade certa que temos que ter, como achar os spots perfeitos para jogar mais mãos, como explorar tendências e ranges de regulares, enfim, muita coisa que dá pra aplicar em torneio se o aluno pegar a essência do negócio.

A idéia do meu coach aqui no QG é essa, abrir a cabeça do jogador e mostrar exemplos de jogadas fora da caixa feitas por jogadores que enxergam poker como um jogo de pessoas, e não como um jogo que vc resolve com fórmulas básicas de quais mãos jogar e tudo mais.

Então to bem curioso pra ver como amanhã no grind os meninos do Micro vão incorporar esses conceitos.

Agora a programação para os próximos dias é:

Amanhã eles vão ter o último dia de jogo e os Hand Histories da sessão vão ser analisados por mim pra ver como eles estão jogando e como foi a evolução deles durante esse mês, já que eu sei como cada um deles jogava quando chegou aqui

Quarta temos a avaliação escrita e depois uma reunião de despedida, onde dou orientações para que a carreira deles prossiga da forma correta, instruindo sobre o que jogar, como lidar com mídia, como criar receitas fora do jogo e tirando as últimas dúvidas que eles tiverem. 

Depois disso eles vão para casa e eu começo o processo de avaliação para decidir quais estão prontos para se juntar ao Steal Team na nossa parceira Akkari Team/Steal Team e quais ainda precisam evoluir em alguns pontos para aguentar uma rotina mais intensa.

 

Então é mais ou menos isso, amanhã cedinho tem gravação na Band do EPT Barcelona, então preciso voltar pra São Paulo agora a noite!

Abração galera!

 

Análise de mão – Donkbet

Image

 

E aí pessoal, vou fazer hoje aqui uma análise de uma mão que joguei preparando um vídeo recentemente. 

A mão é de cash game mas que os conceitos servem para torneios também.

Era cash nl10, então uma mesa onde sentamos com 10 dólares e os blinds são 0.05/0.10 e a mesa é 6max.

A mão começa começa com o CO dando raise pra 0.30 e eu estou no SB com AJs em ouros (AdJd). 

Minha decisão preflop é entre 3betar ou dar só call. O jogador é meio fraco e por isso prefiro dar só call, para manter ele com muitas mãos ruins e sabendo que ele não vai usar mto da posição para me explorar, me tirar da mão e tudo mais. E se eu acertar algum jogo posso extrair bastante fichas dele mesmo fora de posição, mas quando ele tiver um jogo melhor que o meu provavelmente ele vai demonstrar o que ele tem e eu vou conseguir escapar. 
A decisão pelo call acontece pq confio no meu jogo posflop o bastante para escapar de alguns perigos de jogar fora de posição sem a iniciativa da mão. 
Além disso não é ruim para mim trazer o BB para o pot, mas o BB acabou foldando.

O flop bate QT3 com duas cartas de paus e uma carta de ouros. Então tenho uma broca, um backdoor flush draw (se bater ouros no turn me abre um flush draw e uma overcard)

Eu dou mesa, ele aposta 0.40 e eu pago.

Aqui preferi pagar pq minha mão tem muito potencial e acho que ele vai apostar com muita coisa. Com o T, Q, draws, overpairs e muitos blefes que resolveram cbetar. E minha mão tá na frente de muita coisa e tem algum potencial.

Além disso se bater uma carta de paus eu posso blefar que tenho o flush e tirar ele de algumas mãos melhores que a minha.

Então só paguei e o turn bateu um A de espadas

Board: QT3A com fd de paus 1.50 no pot

Esse é o momento que o pessoal erra muito, por impulso e por agir sem pensar, com pressa. Nessa hora o pessoal costuma dar insta-check, como se o fato da gente ter pagado no flop obrigasse a gente a dar check no turn. Mas isso é muito errado.

A donkbet no turn é a melhor jogada disparado e vou explicar porque.

O jogador não é muito agressivo, então ele não deve continuar blefando só pq bateu o A, até pq o board é muito conectado, ele também não vai valuebetar Ax nem Qx pq ele não é mto bom e tende a ser mais cauteloso com essas mãos, então ele só deve apostar mãos mto fortes e vai controlar o pot com o resto e isso é ruim pra gente pq provavelmente temos a melhor mão.

Agora se eu donkbetar eu coloco ele numa posição onde ele tende a pagar com muita coisa que ele daria check atrás como Ases fracos, KQ, QJ e flush draws. Então eu extraio valor demais, além do que se ele tiver uma mão mais forte que a minha provavelmente vai dar raise, aí consigo foldar e perder só uma aposta, ao invés de perder provavelmente duas dando check call turn e check call river.

Essa é uma jogada que só consegue fazer quem tem a tranquilidade de pensar antes de dar insta-check só pq acha que as convenções do poker mandam você dar esse check.

Aí eu donkbetei 1.1, porque esse é o valor que eu acho que o JQ e KQ pagam, apostei desse tamanho pq quero maximizar meus ganhos contra a maior quantidade de mãos possível e se eu aposto mais forte pra extrair de A talvez a Q e o flush draw foldem. Ele pagou.

River 2 que não completa o flush

Board: QT3A2 pot tem 3.70usd

Aí eu tenho que pensar como extrair de flush draws, ases ou Q. Acho que Q não põe mais dinheiro nesse pot, o flush draw só extraio se eu der check e ele resolver blefar, e o A se eu apostar eu tomo call.

Então como o A é mais garantido resolvi apostar. Ele foldou, o que provavelmente significa que ele tinha KQ, JQ ou flush draw. Mas aqui já nem é mais tão importante, é uma das partes mais simples da mão.

O interessante disso tudo é ver como existem algumas jogadas que só conseguimos fazer se tivermos a mentalidade correta de parar e pensar antes de apertar qualquer botão ou colocar qualquer ficha no pot!

Espero que a partir de hoje vocês joguem com um pouco mais de calma e sempre com mais pensamento!

 

É isso aí, bom fim de semana pra todo mundo e postem as dúvidas nos comentários, e comentem se vocês jogariam diferente em algum momento esse mão

 

Abração

 

 

 

 

Reunião Pré-EPT

Image

Hoje vim pro QG depois de alguns dias longe. Tirei uns dias pra resolver coisas em SP, gravar lá na Band, enfim, fazer tudo que contei essa semana no blog.

Aí fui dar coach pro time micro de março.

To com orgulho demais desse time, pelo que to sabendo do feedback do pessoal que tem ficado mais aqui a galera é super dedicada, muito forte tecnicamente e o mais importante, tão evoluindo muito, e evoluir é o principal ponto do período aqui.

Planejei um coach de 1h30 mas acabei ficando 3 horas falando. O tema foi sobre maneiras mais criativas de extrair fichas e como é meu processo de colocar pessoas em ranges e decidir como jogar contra o range inteiro de maneira precisa, pra assim enxergar quando faz sentido blefar, quando deixar o cara blefar, etc. Os caras pegaram bem e curtiram muito!

 

Aí com isso me atrasei um pouco pra nossa reunião pré-EPT. Como vocês sabem o pessoal do time tá começando uma reta live com torneios sensacionais. Tão indo agora pra San Remo e Monaco jogar EPTs e vários outros torneios o Headão , Padilha, Ban, Culica e Rafa Fernandes. Era para eu ir também, mas fico por aqui pra cobrir todo mundo , apresentar o curso mensal junto com o André, apresentar o curso semestral junto com o Raul Oliveira e cuidar do CTSuperpoker. Vai ter trabalho pra cacete hahaha

Mas faz parte, to bem feliz por tudo e a mentalidade é de um time, então me sinto jogando junto com eles quando eles tiverem lá! Torcida vai ser mto forte.

E podem ter certeza que vai ter muito conteúdo sendo gerado lá, twitcams dos meninos contando como tá sendo tudo , posts nos blogs, nas fanpages e tudo mais. E quem sabe se tudo der certo vamos ver alguns deles na transmissão do EPT da TVPokerPro

Depois da reunião fomos numa churrascaria pra comemorar e ter uma ultima refeição com todos juntos

Então é isso, como eu postei esses dias, eu entro nos gramados só no BSOP/LAPT de São Paulo e enquanto isso vou continuar aqui minha preparação.

Vamo que vamo e fica aqui toda a torcida pros meninos que embarcam 2a feira pra mais essa página bacana da nossa história!

Preparação para a reta live

Image

E aí pessoal, como vocês já sabem vou jogar uma reta de eventos live agora esse semestre.

Como o André escreveu no blog dele hoje http://aakkari.wordpress.com/2014/04/02/chegou-a-hora-de-separar-os-meninos-dos-homens/ eu não vou fazer a reta completa que o resto do time vai fazer, pq tenho minhas obrigações aqui no Brasil com os Cursos do QG, Mensal e Semestral e as gravações na Band.

Por isso vou jogar o LAPT de SP e depois vem 1 mês pauleira em Las Vegas, com uma porrada de eventos, vários do WSOP, alguns da série do Venetian que tem umas premiações bem legais e por fim o Main Event do WSOP, que é o torneio que eu sempre sonhei em jogar. Por coincidência o Main Event termina dia 15 de julho, meu aniversário. Quem sabe esse ano vem um presente bom hein? Do jeito que o ano tá indo bem é bem capaz viu, vamo que vamo!

 

Mas para isso preciso me preparar.

Como vocês sabem, na minha carreira de jogador profissional de poker que foi de 2006 até 2012 eu só joguei cash games. Por isso desenvolvi muito bem o lado do jogo pós-flop, explorar jogadores que possuem ranges desbalanceados, usar criatividade no jogo, bet sizes diferentes e tal. Mas sempre quando ia jogar algum torneio me sentia muito desconfortável quando possuía aquele stack entre 20 e 30 bbs, me sentia muito travado e sem possibilidade de fazer muita coisa.

Aí em 2012 isso começou a mudar pq comecei a comentar poker na TvPokerPro e via grandes jogadores jogando por muito tempo na transmissão, discutia mãos com o pessoal no circuito e tal.

Mas no ano seguinte que veio a grande mudança, como comecei a morar no QG Akkari Team, passei a conviver diariamente com o Akkari, Headão, Padilha, BanMartins, Culica e Rafa Fernandes e aprendi demais essas nuances de mtt, como conseguir jogar posflop com stacks curtos, onde aplicar a agressividade, enfim, foram 6 meses mto intensos que desenvolveram demais meu jogo.

Mas ainda sinto que faltam algumas coisas.

Então já tracei minha meta, todo dia vou assistir 1 vídeo de poker falando sobre MTTs. Vou assistir os vídeos do CTSuperpoker que tem um time de instrutores muito bons (além da galera do QG tem monstros como o GremistaAK, Thiago Grigoletti) e ver vídeos da RunItOnce, que é um site de vídeos americano muito muito bom.

Além disso pretendo quando estiver no QG e os meninos tiverem jogando, grudar neles e ficar fazendo perguntas para aprender mais coisas. Principalmente pro Padilha que domina essa arte de jogar muitas mãos e jogar pós-flop mesmo com stacks muito curtos.

Acho que com essa preparação técnica meu jogo vai ficar bem completo e aí tenho certeza que vão vir bons resultados nessa reta!

Agora vamos trabalhar!

 

Abração Galera!

O dia mais legal de todos

 

Image

E aí galera, hoje tive um dos dias mais corridos desde que troquei a carreira de jogador de poker para trabalhar com ensino de poker.

Eu já tive vários dias corridos, principalmente quando algum evento importante como BSOP ou Masterminds tá rolando, mas hoje foi punk!

 

Comecei resolvendo algumas coisas do CTSuperpoker, fui almoçar e logo em seguida fui pra Band gravar os episódios do EPT de Barcelona da temporada 9 junto com meu parceiro Vitão Marques. A idéia era gravar os 4 episódios, mas tinha uma reunião que só ia me permitir gravar 2 episódios. Felizmente o Juliano Maesano tava lá e me cobriu nos últimos 2!

A reunião que eu tinha era na AR Live 5. Pra quem não conhece a AR Live 5 é uma empresa que em parceria com a 9ine agencia as palestras do Akkari. Como eu estou ajudando o André a pensar e montar a nossa palestra de Poker e Negócios eu fui na reunião que era com um coaching de palestras da Empresa, o Alexandre, que manja demais e deu vários toques bacanas pra gente baseado na palestra que apresentamos na Ogilvy semana passada. Além disso conversamos por umas 3 horas com ele sobre poker e sobre tudo que o poker tem de interessante. Conceitos como variância, foco no processo, EV, pensar através da cabeça de nossos oponentes, etc. Quando montamos a palestra pensamos em algo para durar 1h e muita coisa legal ficou de fora, aí hoje batemos um papo sobre poker e apresentamos tudo que achamos legal de poker que tem relação com negócios e desenvolvimento pessoal.

Agora esse material tá na mão do Alexandre e semana que vem voltamos lá pra vermos que que ele acha que é legal colocarmos ou tirarmos da palestra.

Depois disso cobrei do Akkari uma aposta que ele fez comigo na sinuca e perdeu e fui pra casa tomar um banho.

Aí fui dar coach prum aluno bem especial, depois do coach ficamos batendo um bom papo sobre o poker no Brasil, como está a indústria, pra onde o Poker pode se expandir, quais os melhores caminhos pra isso. O cara manja muito de tudo isso, de mercado, daqueles que pensa fora da caixa mesmo ,e  não a toa é um profissional de muito sucesso. A conversa me animou demais, e a ironia disso tudo é que no fim do dia eu tenho certeza que aprendi mais com ele do que ele comigo.

É das melhores sensações do mundo quando vc termina um dia e vê que vc aprendeu coisa boa que vc nem esperava aprender.

Com certeza o Poker vai voar muito no Brasil ainda!

Aí ficamos até tarde e acabei perdendo a reunião no skype com o pessoal do Akkari Team pra falar sobre a reta live que o pessoal vai fazer. Mas basicamente a molecada vai tudo pra San Remo e Monaco jogar uma reta muito legal de eventos live que eu não vou poder ir pq tenho que trabalhar por aqui e depois vão pra Las Vegas jogar WSOP e uma reta com muitos eventos no Venetian, Bellagio e tudo mais, aí vou acompanhar o pessoal e jogar lá em Vegas muita muita coisa.

Aí meu dia foi assim, gostei demais pq além de encontrar o Vitão fiz muito uma das coisas que gosto demais nessa vida, falar de poker sem ser sobre o jogo em si (e aí dá pra ver o quanto eu gosto de poker, gosto de falar tanto do jogo quanto fora do jogo hahaha) com pessoas muito inteligentes que levam qualquer discussão para um nível acima. Hoje foi um daqueles dias em que você se sente realizado profissionalmente ao extremo. Fazendo o que ama, cercado de pessoas boas e competentes e com perspectivas excelentes.

Poucos dias estive tão feliz na minha vida

 

Vamo que vamo galera, que agora o trabalho continuar e temos muito o que fazer!

Como é montar um conteúdo de Poker

Image

E aí pessoal, esse fim de semana foi mais um com muito trabalho. Aplicamos lá no QG mais uma edição do Curso Mensal. Sempre é muito legal conhecer a galera que tá na pegada de aprender, se profissionalizar, e conhecer muita gente que comenta aqui no blog, interage com a gente nas transmissões e tudo mais.

Das partes mais legais de ter mudado de lado e começado a trabalhar com ensino no Poker é poder conhecer mais gente, as vezes jogar poker é muito solitário pq vc fica um tempão em casa jogando online e o contato que vc tem com as pessoas é por skype, fóruns e redes sociais. Já estar no QG e poder trocar uma idéia com todo mundo é muito bacana e uma das partes que mais gosto da minha profissão.

Além disso nesse fim de semana saiu nas Bancas a Edição da Revista VIP com uma matéria de 4 páginas sobre o QG! A matéria ficou sensacional , mto legal ver nosso trabalho sendo recompensado e chegando em mais gente através de uma revista de porte nacional.

Mas enfim, vamos ao assunto de hoje, como funciona o processo para montar algum conteúdo de Poker.

Quem me conhece sabe que hoje eu não dou mais coach individual. Apenas ensino Poker pro pessoal do Time Micro, pros alunos do Curso Mensal, Curso Semestral do QG e através do CT SuperPoker, com os vídeos e aulas ao vivo.

Mas abri uma exceção aqui e vou dar coach prum parceiro nosso de fora do Poker. O cara é amador, tem outra profissão e gosta muito de jogar, joga toda semana um home game fechado e pretende evoluir no jogo.

Então estou aqui preparando o material para a primeira aula que vou dar para ele amanhã e é um desafio bem interessante.

Como o conteúdo é específico para esse aluno, o ideal é que eu primeiro entenda quem ele é, quais são suas características e sua pretensão no jogo. No caso dele a pretensão é simplesmente se tornar um jogador melhor, mas não a ponto de querer se tornar um grinder online, então eu tenho que me preocupar com vocabulário e linguagem que eu vou usar, tenho que mapear os erros e deficiências mais importantes que jogadores desse nível têm para abordar coisas que vão de fato fazer diferença no jogo dele, já que meu tempo com ele é escasso.

Além disso é importante que o que eu for ensinar seja aplicável ao tipo de jogo que ele joga, pro ensino fazer mais diferença onde é o interesse do aluno.

Portanto faz mais sentido falar de coisas mais abrangentes nesse começo, como valor/blefe, seleção de mãos, como jogar diferentes stacks e diferentes fases de torneio do que falar de coisas mais específicas como bet sizes, ranges muito avançados, semiblefes, coisas assim.

Aí por fim vem a hora de colocar tudo isso no papel.

O ideal é que seja tudo muito sucinto e claro, já que o papel de explicar os conceitos é meu, e aí eu vou desenrolar isso falando, não dando algo para o meu aluno ler. Então é bom separar por tópicos os assuntos, resumir os conceitos em poucas palavras e deixar tudo bem organizado, com espaço para anotações do aluno para que quando ele for reler a apresentação ele possa lembrar de tudo que eu falei, ver suas anotações e tudo mais.

Então é isso aí, agora bora continuar a trabalhar que a apresentação ainda não tá pronta!

Grande abraço!